segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

DIETA DESINTOXICANTE


Bem-vindo 2012! Na visão da Ayurveda, método de cura, saúde, beleza e longevidade praticado há mais de cinco mil anos na Índia, o equilíbrio de nosso organismo depende de três fatores básicos: alimentação, sono e sexo. Manter uma vida ativa, sem sedentarismo, com atividades físicas e pensamentos positivos pode ser um dos fatores impulsionadores para uma Vida equilibrada e feliz. Prestar atenção na alimentação é uma das maneiras mais simples e eficientes de manter a saúde e a longevidade. Agora que as comemorações com comilanças tentadoras já foram realizadas, podemos “limpar” nosso organismo e nos prepararmos para as atividades do verão com uma dieta desintoxicante que pode ser feita um vez por semana durante um mês. A Ayurveda analisa a constituição de cada Ser Humano como sendo Vata (Ar+Éter), Pitta (Fogo + Água) e Kapha (Água + Terra), portanto cada pessoa é governada pelos elementos da natureza. Agni o fogo digestivo é responsável pelo centro de todas as funções do organismo, ele é que regula a quantidade e absorção de nutrientes e distribui entre os diversos órgãos. Por isso a alimentação deve ser regulada de acordo com o biótipo, ou elemento natural, predominante em cada pessoa. Exemplos: pessoas muito agitadas (pitta) devem evitar alimentos de sabores quentes, picantes, como condimentos apimentados, esse tipo de sabor acelera e agita seu metabolismo e sistema nervoso. Pessoas muito calmas (kapha) devem alimentar-se condimentos mais estimulantes por exemplo gengibre, canela, cravo. E pessoas mais instáveis (vata) devem alimentar-se com condimentos mais leves como azeite, óleo de gergelim, camomila, sal rosa, erva-cidreira, jasmim, os sabores deve ser : doce, ácido e salgado.  Alimentos industrializados e processados como legumes e carnes enlatadas devem ser evitados, tanto quanto a carne vermelha. O leite em pó é um alimento que não proporciona quase nenhum tipo de nutriente para  o organismo pois é um alimento processado industrialmente, claro que há casos em que os médicos recomendam seu consumo, mas cada caso é um caso, no geral não é bom ser consumido diariamente. O ideal é sempre consumir alimentos frescos e na temperatura ambiente. Como estamos na estação do verão, clima quente, alimentos crus são sempre bem indicados. À noite sempre é interessante uma alimentação leve como saladas, queijo natural ou de soja (tofú), evitar muzzarela, queijo prato ou outro tipo gorduroso. O arroz integral é o mais recomendados por suas características nutricionais. Um caldo de arroz temperado com cheiro verde e pouco ou nada de sal, pode ser consumido à noite. Antes de deitar-se sempre é bom uma xícara de chá que pode ser de gengibre, camomila ou erva-cidradeira que são relaxantes.


Quem faz alimentação fora de casa recomendamos sempre observar a higiene do local, dos talheres, a apresentação da comida como cores, temperatura, cheiro, e perceber a hora que foi preparada. Evitar sempre se alimentar em “botecos” com salgadinhos prontos e gordurosos, hot dogs, etc. Enfatizamos: o alimento deve ser sempre fresco, bem lavado, apresentável. Caso esteja na rua e precise realmente se alimentar de algo mais rápido prefira uma vitamina de frutas batidas com iogurte natural.
Para todas as pessoas recomendamos sempre dez a quinze minutos de descanso após as refeições, quando possível fazer um leve caminhada para auxiliar a digestão.
Receita Dieta Desintoxicante
Ao acordar (20 minutos antes do café da manhã)
1 copo de água morna com gotas de limão
Em seguida, faça a higiene matinal, pratique ioga ou meditação, limpe a língua com um raspador ou colher
Café da manhã
Mingau de aveia morno, preparado com água, água de rosas e cardamomo. Se desejar, adicione 1 colher (chá) de ghee (tipo de manteiga clarificada, muito usada na culinária indiana)
Água de coco em temperatura ambiente
Lanche da manhã
Frutas levemente assadas ou cozidas com canela e/ou gengibre, cravo, erva-doce, lavanda, baunilha
Chá (gengibre, erva doce ou hortelã) com mel ou somente água morna com limão, à vontade
Almoço
Kichadi (receita tradicional indiana) ou arroz integral ou basmati
Verduras (acelga, couve) cozidas ou refogadas
Raízes (mandioca)
Leguminosas (lentilha vermelha, feijão azuki, moyashi) – quanto menor o grão, mais fácil a digestibilidade
1/2 copo de água
Após o almoço, se possível, sente-se em um lugar confortável e repouse por 15 minutos (mas não durma)
Lanche da tarde
Torrada integral ou 1/2 pão integral torrado, com manteiga ou geléia de fruta sem açúcar
Chá (gengibre, erva-doce ou hortelã), à vontade
Jantar
Sopa de cenoura, vagem, mandioquinha ou fubá
Ceia (se necessário)
Frutas cozidas ou assadas com especiarias
Temperos são considerados remédios para o corpo e para a alma na Ayurveda
Para variar o cardápio
Frutas: maçã, pêra, uva, mamão formosa (não papaia), abacaxi doce, carambola, goiaba, pêssego, figo, manga. Devem ser levemente cozidas ou assadas. Evite: melancia, melão, abacate, frutas ácidas e oleaginosas (amendoim, nozes e castanhas).
Legumes: chuchu, abóbora, aspargo, jiló, quiabo, vagem, cenoura, maxixe, rabanete, nabo, beterraba. Devem ser consumidos cozidos, assados ou refogados e temperados com especiarias. Evite: tomate, berinjela, pimentão, brócolis, couve-flor, repolho e batata inglesa.
Folhas verdes: agrião, acelga, chicória, espinafre, almeirão, mostarda, couve. Devem ser levemente cozidas ou refogadas em azeite ou ghee e temperadas com especiarias, azeite de oliva e limão. Evite: folhas cruas e/ou refrigeradas
Raízes: inhame, bardana, mandioquinha, cará, mandioca (com moderação).
Leguminosas: feijão azuki, Moyashi, lentilhas, Mung Dal (prefira os grãos pequenos), temperadas com cominho, louro em folha ou pó, pimenta-do-reino ou assafétida.
Cereais: arroz integral ou arroz branco (cateto, agulhinha, Basmati), cevadinha, quinoa, amaranto, milho verde, fubá, farelo de trigo, gérmen de trigo, farinha de centeio, farinha e farelo de aveia, farinha de mandioca, macarrão integral, bifum (macarrão de arroz), flocos de arroz, sementes de girassol e abóbora. Evite: pão branco e farinha branca refinada.
Especiarias: açafrão, ajwain (sementes de aipo), alecrim, anis, assafétida, cardamomo, coentro em folha ou semente, cominho, curry (folhas), endro (dill), erva-doce, gengibre em pó, hortelã, louro, manjericão, manjerona, mostarda, orégano, pimenta-do-reino (pequena quantidade), pimenta rosa, salsa, sálvia, semente de papoula, tomilho. Alho e cebola podem ser cozidos e consumidos com moderação.
Dicas Importantes:
Uma dica é ter sempre à mão porções de temperos para polvilhar em seu prato, de acordo com seu estado físico e emocional. Para a dieta de desintoxicação você poderá usar pimenta-do-reino (aumenta o ritmo do metabolismo), cominho (estimula o sistema digestivo), cúrcuma (melhora a imunidade), canela (ajuda o controle da pressão arterial e do colesterol), gengibre (antiinflamatório, reduz quadros de dores) e cardamomo (auxilia o trato gastrintestinal).
Na dieta desintoxicante ayurvedica a comida também deve ser servida sempre quentinha, para facilitar a digestão. E esqueça por esses dias laticínios, alimentos processados, carnes, fungos (shitaki, shimeji),chocolate, sorvete, fritura, vinagre, condimentos artificiais, molhos cremosos, refrigerante, bebidas geladas, alimentos artificiais irradiados ou cozidos em microondas, pois retiram do alimento o poder da energia natural.


  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Postar um comentário